Fechaduras Inox: Resistência e Segurança

As fechaduras podem ser fabricadas a partir de diversos materiais. Normalmente, esses materiais consistem em metais fortes que possam garantir a segurança e eficácia das fechaduras. Atualmente, estão disponíveis no mercador as fechaduras inox, mas nem todas as fechaduras são fabricadas com esse material.

Existem fechaduras em zamac e alumínio no seu processo de fabricação, que com o passar do tempo podem sofrer oxidação. A oxidação é um processo de desgaste do material e, consequentemente, compromete o funcionamento da fechadura.

Uma vez que a fechadura é comprometida a mesma fica sujeita a quebra. Portanto, é muito importante a escolha do material correto para durarem bastante tempo, principalmente em áreas litorâneas.

Além disso, fechaduras afetadas pela oxidação apresenta uma aparência porosa e bastante desagradável, podendo até reduzir o valor do seu imóvel.

Se você ficou interessado e gostaria de saber mais sobre as fechaduras inox e como acontece o processo de oxidação das mesmas, continue lendo esse artigo.

Fechaduras inox: por que fechaduras comuns se desgastam?

De forma simplista, a oxidação é uma reação química causada pelo contato da superfície do metal com o oxigênio presente no ar. Na realidade, existem diversos tipos de oxidação, e quase tudo pode oxidar.

É muito comum que se faça sempre a relação entre oxidação e superfícies metálicas, mas a oxidação é um dos fatores responsáveis por acelerar até mesmo o envelhecimento da pele humana. Portanto, pode-se observar que não são apenas os metais que sofrem desgaste pela oxidação.

Uma das formas mais popularmente conhecidas de oxidação é a ferrugem. A ferrugem nada mais é que a oxidação do ferro. Portanto, quando o ferro sofre oxidação, é possível observar manchas vermelhas sobre a sua superfície. Em casos mais avançados da oxidação do ferro, nota-se que o material sofre corrosão e se desfaz.

Outros tipos de metais têm aparências diferentes quando sofrem oxidação. É possível que você já tenha percebido uma coloração esverdeada em algumas superfícies metálicas. Nesse caso, ocorreu a oxidação do cobre.

Quando o cobre reage com oxigênio, forma-se uma camada esverdeada que tem como função proteger o metal de mais corrosão. Dessa forma, qualquer metal que contenha uma grande quantidade de cobre pode se tornar verde. O nome dado a essa camada de cor esverdeada é pátina.

É muito comum que haja a formação de pátina em peças de bijuteria. Outro importante exemplo desse processo de oxidação é a Estátua da Liberdade. O monumento tem essa cor esverdeada devido à oxidação do cobre.

Portanto, quando as fechaduras não são feitas com material inox, elas estão suscetíveis a sofrer esse processo de oxidação, podendo passar igualmente pelo processo de corrosão.

Fechaduras inox: o que é o material inox?

A palavra inox é apenas uma abreviação de inoxidável. Em vista disso, fechaduras inox são fabricadas com materiais inoxidáveis, normalmente sendo o aço inox.

No entanto, isso não significa que o aço inox seja completamente inoxidável. Por se tratar de uma reação química natural e espontânea, a oxidação sempre ocorrerá. Dessa forma, observa-se que o aço inox é, de fato, passível de sofrer algum nível de oxidação.

Contudo, o processo de oxidação do aço inox se dá de forma significativamente mais lenta e menos agressiva, de maneira a impedir que a corrosão do material aconteça. Por isso, não é preciso se preocupar ao adquirir fechaduras inox, pois elas se manterão estáveis e fortes.

Mas como o aço inoxidável não sofre corrosão?

O aço inox permanece inoxidável devido à interação entre a fusão dos diferentes metais em sua composição, chamados de elementos de liga, e o ambiente. O aço inoxidável contém ferro, cromo, manganês, silício, carbono e, em muitos casos, quantidades significativas de níquel e molibdênio.

Estes elementos reagem com oxigênio presente no ar e na água para formar uma película muito fina e estável que consiste em produtos de óxidos e hidróxidos de metais. O cromo desempenha um papel dominante na reação com o oxigênio para formar esta película. Na verdade, todos os aços inoxidáveis contém, por definição, pelo menos 10% de cromo em sua composição.

A presença dessa película estável impede a corrosão futura do metal ao atuar como uma barreira que limita o acesso do oxigênio e da água à superfície metálica subjacente. Como a película se forma tão rapidamente, apenas algumas camadas atômicas são capazes de reduzir a taxa de corrosão a níveis muito baixos.

O fato de a película ser muito mais fina do que o comprimento de onda da luz torna difícil a sua visualização sem a ajuda de instrumentos ópticos. Isto é, a olho nu. Dessa forma, embora o aço esteja corroído a nível atômico, ele tem a aparência intacta.

O aço comum, por sua vez, reage com o oxigênio para formar uma película hidróxido de ferro relativamente instável que continua a crescer com o tempo e com a exposição à água e ao ar. Assim, esta película, que pode ser conhecida como a ferrugem ou como a pátina, por exemplo, atinge espessura suficiente para se tornar visível.

De forma resumida, o aço inoxidável não sofre oxidação suficiente para chegar à corrosão porque é suficientemente reativo para se proteger de novos danos, de maneira a formar uma camada de corrosão passiva.

Fechaduras inox: a melhor opção para regiões litorâneas

A ferrugem, causada pela oxidação do ferro, é o tipo de corrosão padrão que se espera em todas as áreas. Contudo, em áreas litorâneas, onde há uma combinação de umidade, oxigênio e sal, a corrosão aumenta rapidamente.

A água salgada, por exemplo, é capaz de corroer metais pelo menos cinco vezes mais rapidamente do que a água doce. Isso acontece porque o sal é um eletrólito e dispersa íons na água, aumentando assim a taxa de corrosão. Esse fator, em combinação com o ar de regiões litorâneas, que também contém sal, faz com que o aço sofra corrosão dez vezes mais rapidamente do que em relação ao ar de regiões interioranas.

Em vista disso, é indispensável que pessoas que morem em regiões litorâneas optem sempre pelas fechaduras inox. Isso garante mais segurança e previne complicações futuras desnecessárias.

Fechaduras inox: a importância de escolher uma marca que preza pela qualidade dos produtos

Antes de adquirir suas fechaduras inox, é muito importante conferir a reputação da marca anunciante.

Fabricantes de baixa qualidade podem anunciar um produto como inox, mas, na realidade, acabam vendendo um item com pouca capacidade inoxidável. O problema é que o cliente comum não saberá reconhecer se o produto que ele adquiriu é de fato inoxidável.

Com isso, esteja sempre atento à reputação do fabricante de suas fechaduras inox e verifique sempre se a marca segue todas as normas de segurança e respeita as leis vigentes do país em que comercializa.

É por isso que a La Fonte disponibiliza os melhores modelos de fechaduras inox para seus clientes. Com a La Fonte, a qualidade é sempre garantida!

Fechadura Inox La Fonte: Qualidade e segurança garantida

A La Fonte atua no mercado de segurança e fechaduras há mais de 100 anos, e durante todo esse tempo foi capaz de conquistar a confiança e a fidelidade de seus clientes.

Com materiais de qualidade e respeitando todas as normas da Associação Brasileira de Normas e Técnicas, a La Fonte oferece uma grande variedade de modelos de fechaduras, maçanetas e puxadores.

Acesse o site da La Fonte e confira as opções de fechaduras inox da linha Architect Inox. Essa linha conta com onze modelos de design universal que combinam com qualquer ambiente, adicionando um toque de elegância e sofisticação ao cômodo.

Se você ficou interessado e gostaria de conhecer mais sobre a La Fonte, não deixe de acessar o site e clicar na aba Onde Encontrar para saber o ponto de revenda mais próximo de você!